Arte 2016

Com a Campanha Arte 2016, o Montepio financia a aquisição de serigrafias/gravuras editadas pelo Centro Português de Serigrafia, referência no mercado nacional pela valorização da obra gráfica.

Saiba como adquirir a nossa seleção de serigrafias a pensar em si

    Esta ação contempla 6 obras, envolvendo técnicas centenárias como sejam a Serigrafia, a Gravura e a Litografia, de autores de reconhecido mérito e representatividade: Cargaleiro, Cruzeiro Seixas, Niurka Bou, Sofia Areal, Fabesko e Gracinda Candeias.

    Quais as vantagens desta oferta?

    Todos os exemplares têm qualidade comprovada pelo artista, sendo, enquanto tal, numerados e assinados, além de autenticados com o selo branco do Centro Português de Serigrafia.
    O Preço de Venda ao Público (PVP) pelo qual as obras podem ser adquiridas no Montepio é inferior ao seu valor de mercado.
    Além disso, com a sua aquisição recebe uma oferta de uma obra especial.

    Quem pode adquirir?

    Particulares ou Empresas clientes Montepio.

    Como adquirir?

    Para adquirir as peças integradas na Campanha Arte 2016 basta dirigir-se a um balcão Montepio.

    Período de subscrição

    De 5 de julho de 2016 a 31 de maio de 2017.

    Condições de Aquisição

    A sua aquisição poderá ser por Crédito Individual (1) - opção disponível para a Obra "Oito Canções de Outono", do artista Cargaleiro - ou através de Cartão de Crédito (2).

    Conheça as 6 obras:

     

    Cargaleiro - Oito Canções de Outono
    Cargaleiro | “Oito Canções de Outono” (PDF)
    Poemas inéditos do prestigiado autor Vasco Graça Moura, ilustrados por Mestre Manuel Cargaleiro num deslumbrante Álbum de Arte em que cada página tem o valor de uma serigrafia. Valorizam o conjunto, uma serigrafia e uma gravura de mestre Cargaleiro. O álbum inclui ainda um azulejo original pintado à mão pelo artista.

    Cargaleiro

    Nasceu em 1927, em Chão das Servas, Castelo Branco e realizou a primeira exposição, em 1952, em Lisboa. Em 1954 é-lhe atribuído o Prémio Nacional de Cerâmica. Em 1957 recebe uma bolsa do Governo Italiano, por mérito do instituto de Alta Cultura que lhe permite visitar Itália e estudar a técnica da Cerâmica em Faenza, Roma e Florença. Em 1982 recebeu a Ordem da Cruz de Santiago da Espada, no Dia de Portugal, e em 1983 o Grau de Officier des Arts et des Lettres pelo Governo Francês. Tem realizado inúmeras exposições em Portugal e no estrangeiro.

     

    PVP (Montepio): 2.975 Euros

    Na aquisição das "Oito Canções de Outono", recebe de oferta esta obra especial do artista Cargaleiro:

    Cargaleiro - Oferta Montepio

     

    Cruzeiro Seixas - Sem Título
    Cruzeiro Seixas | S/ Título (PDF)
    “De bicicleta o meu anjo da guarda de noite e de dia, do sol para a lua”, Expoente do Surrealismo português e internacional, surpreende com a originalidade e o fulgor onírico da sua inspiração. A “beleza convulsiva” (André Breton) e o insólito, o desejo, instaurador da linguagem, o encontro do visível e do invisível, o fascínio encantatório das formas, clamam o seu poder sobre as cinzas do quotidiano. Rodas de uma mágica bicicleta, sóis ou luas, pouco importa. Os círculos, emblemas cósmicos de perenidade e harmonia, transportam o anjo ao céu das ilusões reencontradas.

    Cruzeiro Seixas

    Nasceu em 1920 na Amadora. No seu longo percurso artístico, conta com uma fase expressionista, outra neo-realista e outra, com início no final dos anos 40, mais prolongada, em que integra o movimento Surrealista Português, ao lado de Mário Cesariny, entre outros. Foi um dos seus percursores e atualmente é considerado um dos seus expoentes máximos, considerando-se que o surrealismo fantástico visível na sua obra tenha tido como principal inspiração o trabalho do artista De Chirico. No seu percurso conta inúmeras exposições individuais e coletivas em importantes museus e galerias, em Portugal e no estrangeiro, e com diversos prémios e distinções: uma bolsa de estudo da Fundação Calouste Gulbenkian, em 1968, o Prémio Prémio SocTip “Artista do Ano”, em 1989, e em Outubro de 2012 a Sociedade Portuguesa de Autores atribuiu a Medalha de Honra em forma de reconhecimento pela sua longa e sólida carreira artística, como pintor e poeta.

     

    PVP (Montepio): 415 Euros

    Na aquisição desta obra de Cruzeiro Seixas, recebe de oferta outra obra do artista Cruzeiro Seixas:

    Cruzeiro Seixas - Oferta Montepio

     

    Niurka Bou - Pasion
    Niurka Bou | “Pasion” (PDF)
    A frescura, a vitalidade e o romantismo são aspetos realçados nas suas obras, em variantes de cor. Representam imagens de uma primitiva felicidade, de um paraíso perdido nos labirintos da civilização contemporânea e que a proximidade da natureza faz ressuscitar. Cada gravura foi repintada pela artista, dando-lhe o carater de exemplar único.

    Niurka Bou

    Nasceu em La Habanaem 1964, cidade onde estudou e se licenciou em Pintura, na Escola Nacional de Artes Aplicadas. Expõe desde 1982, tendo a pintura, a ilustração e a cerâmica como meios de eleição. Entre 1985 e 1997 participou no projeto “delTallerde GrabadoCarmelo Gonzalez” e frequentou o curso de gravura lecionado pelo mestre António Canet.
    Destacam-se as inúmeras exposições em Cuba, Brasil, Espanha, México e em Portugal - XI Bienal de Arte Contemporânea de Vila Nova de Cerveira, Exposição Coletiva Galeria Arte Jovem, Askme, Lisboa e a Exposição Coletiva de Pintura, Casa Latino-América, Lisboa, a convite da Embaixada de Cuba em Portugal. A sua obra encontra-se representada em inúmeras coleções, públicas e privadas, em países como Portugal, França, Cuba, Alemanha, Espanha, Japão, México, Grécia e Suíça.

     

    PVP (Montepio): 375 Euros

    Na aquisição da "Pasion", recebe de oferta esta obra especial da artista Niurka Bou:

    Niurka Bou - Oferta Montepio

     

    Sofia Areal - Sem Título
    Sofia Areal | S/ Título (PDF)
    Vemos esboçar-se um universo solar, toda uma gramática de um Cosmos, fonte de todo o movimento, síntese da ordem e do Caos, fragmentada e una, ardente e simples coração da Primavera com as suas flores nascidas das sementes da alegria, sempre no início e no centro da vida, seu começo e sua eterna fulguração.

    Sofia Areal

    Nasceu em Lisboa em 1960. Iniciou a sua formação em Inglaterra com os cursos de Textile Design e Foundation Course, do Hertsfordshire College of Art and Design, no Reino Unido e, em Lisboa, frequentou os ateliês de Gravura e Pintura do Ar.Co.  Artista multidisciplinar tem vindo a desenvolver trabalho em áreas tão diversas como a pintura, o desenho, a ilustração, o design gráfico, a cerâmica, a tapeçaria e a cenografia. Do seu currículo fazem parte muitas exposições, entre as quais destacamos “SIM”, a exposição individual e antológica dos últimos dez anos do seu trabalho que teve como espaço de acolhimento a Cordoaria Nacional, no ano de 2011 e a exposição coletiva e itinerante “Quatro”, com Manuel Casimiro, Jorge Martins e Nikias Skapinakis e em 2013 a exposição "Inmóvil en la luz, pero danzante" na cidade do México. Está representada em importantes coleções públicas e privadas, em instituições como o Novo Banco, o Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian, a Fundação Carmona e Costa, a Fundação PLMJ e os Museus de Arte Contemporânea do Funchal e de Elvas.

     

    PVP (Montepio): 250 Euros

    Na aquisição desta serigrafia, recebe de oferta uma obra especial da artista Sofia Areal:

    Sofia Areal - Oferta Montepio

     

    Fabesko - SuperLove
    Fabesko | “SuperLove” (PDF)
    À procura da infância perdida. Os heróis de uma infância ainda próxima são as figuras de uma banda desenhada que a artista enriquece com os enredos de uma sábia ingenuidade em busca da metade perdida do coração.

    Fabesko

    Fabienne Escolano, artista nascida em 1970 em Nantes, França. Vive e trabalha em Paris e realizou já várias exposições em várias regiões francesas e no estrangeiro, nomeadamente em Chicago, Nantes, Lisboa, Genebra e Colónia. Auto intitulando-se serial ludik painteur, Fabesko recria com frequência o universo infantil, através de temáticas relacionadas com o imaginário dos super heróis, dos bonecos e da simplicidade do mundo lúdico das crianças, ao qual alia o pensamento adulto sobre o mundo. Nos seus trabalhos – cuja técnica une pintura, colagem, assemblage e escultura – surgem os “TOPEY”, uma série de personagens coloridas e simplificadas, criados pela artista, através dos quais alia um universo mágico a problemas atuais, como sejam a guerra, o flagelo infantil, problemas sociais ou questões ambientais. "Si la vie n'est pas un conte de fée, iI faut en inventer" (Fabesko).

     

    PVP (Montepio): 285 Euros

    Na aquisição do "SuperLove", recebe de oferta uma obra especial da artista Fabesko:

    Fabesko - Oferta Montepio

     

    Gracinda Candeias - Série Primaveril
    Gracinda Candeias | “Série Primaveril” (PDF)
    Uma obra que sintetiza um dos mais originais percursos gestuais da atualidade. Para Lídia Jorge, na arte de Gracinda Candeias “a transfiguração vem da distância, do percurso, do trânsito acontecido no tempo e no espaço, do intervalo entre o mundo primitivo e o dito civilizado (...) São de longe os estímulos, os pássaros, as nuvens, as árvores, os rios, as cores e os sentimentos de deslumbramento, nostalgia, recordação, memória de cheiros, odores e vislumbres.” Cada serigrafia foi intervencionada pela artista, dando-lhe o carater de exemplar único.

    Gracinda Candeias

    Nasceu em Luanda em 1947, filha de um pai também pintor. Aos 18 anos parte para o Porto com o objetivo de realizar o Curso Geral de Pintura na Escola de Belas Artes, tendo tido como professor o Pintor Júlio Resende, entre outros. Em 1984 foi subsidiada pela Fundação Calouste Gulbenkian em Lisboa e entre 1986 e 1988, viveu em Paris, como bolseira da mesma fundação, tendo tido como tutores Júlio Pomar e Eduardo Luís. Figura incontornável do panorama cultural português. Artista de múltiplos interesses: pintura, performance, cenografia, moda, rádio, dedica-se também a projetos de investigação de temas tão diferentes como a arte rupestre africana ou as novas tecnologias de imagem. É autora de diversos painéis de azulejos em espaços públicos, sendo o mais conhecido o Metro do Martim Moniz, em Lisboa. Ao longo da sua carreira participou em mais de 500 exposições nomeadamente em cidades como Paris, Lisboa, Bruxelas, Madrid, Macau, Luanda, Brasília e Pequim. Na sua carreira conta com várias distinções, entre elas o Prémio Pintora do Ano, Lisboa (1982) e o Prémio Carreira “Mac/99”, Lisboa (1999). O seu trabalho encontra-se representado em diversos Museus e coleções privadas, em Portugal e no estrangeiro.

     

    PVP (Montepio): 795 Euros

    Na aquisição da "Série Primaveril", recebe de oferta uma outra obra da artista Gracinda Candeias:

    Gracinda Candeias - Oferta Montepio

     

    Características

    Artista Título
    Técnica
    Suporte Dimensão (cm)
    Cargaleiro
    Oito Canções de Outono
    Serigrafia None 46x37x4
    Cruzeiro Seixas
    S/ Título
    Digital Print Papel Fine Art Photo White 270 gr 79x56
    NiurkaBou
    Pasion
    Gravura Intervencionada Papel Fabriano Academia 360g 85x70
    Sofia Areal
    S/ Título
    Serigrafia Papel Fabriano D5 GF 300g 35x50
    Fabesko
    SuperLove
    Serigrafia Papel Fabriano Tiep GF 290g 50x70
    Gracinda Candeias
    Série Primaveril
    Serigrafia S/ Tela
    Intervencionada pela artista
    Tela de Linho 60x74,5

     

    Condições do Crédito Individual

    Condições de aquisição da Obra "Oito Canções de Outono", do artista Cargaleiro através de Crédito Individual (1)
    PVP (Montepio) Prestação Mensal Montante Financiado TAEG MTIC*
    2.975€ 76,70€ 3.153,84€ 11,400% 3.681,60€

    Condições da campanha:
    Campanha exclusiva para Clientes Montepio, válida até 31 de maio de 2017, salvo rutura de stock;
    Características técnicas válidas salvo erro ou omissão;
    Preços da campanha com IVA à taxa legal em vigor;
    As entregas são gratuitas e realizam-se num prazo máximo de 2 semanas para Portugal Continental e Regiões Autónomas, exceto em casos de rutura de stock;
    Garantia de acordo com as condições legais;
    São admitidas devoluções até 14 dias após a data da entrega, desde que o(s) produto(s) seja(m) devolvido(s) em perfeitas condições e na embalagem original;
    A comercialização, transporte e entrega são da responsabilidade do CPS – Centro Português de Serigrafia, Lda. / NIF: 501678638 / Rua dos Industriais, 6, 1249-023 Lisboa /Tel: 213 933 260 / Fax: 213 933 269 Email: contacto@cps.pt.

     

    (1) As prestações mensais são constantes e correspondem a um contrato de financiamento, através de Crédito Individual Montepio – Produtos não Financeiros, pelo prazo de 48 meses. A TAN é de 7,50%, calculada a 11 de janeiro de 2017 e resulta da adição de um spread de 7% ao indexante "Taxa Fixa” (0,50% em janeiro de 2017).
    As TAEG foram calculadas nos moldes definidos pelo Decreto-Lei nº 133/2009 e incluem o custo com o seguro de proteção ao crédito PPCI (Plano A, 1 mutuário) e os montantes referentes a impostos e a despesas de contratação, no valor de 104€ (inclui imposto do selo), perfazendo o MTIC*( Montante Total Imputado ao Cliente).

    (2) As condições de aquisição através dos Cartões de Crédito Montepio são: • Cartões Premier: TAN 11,685% (clientes associados Montepio e clientes não associados Montepio); TAEG: 14,8% (clientes associados Montepio) e 16,6% (clientes não associados Montepio); Anuidade 45 Euros (clientes associados Montepio) e 72 Euros (clientes não associados Montepio); • Cartões Classic: TAN 10,000% (clientes associados Montepio e clientes não associados Montepio); TAEG 13,3% (clientes associados Montepio) e 13,8% (clientes não associados Montepio); Anuidade 20 Euros (clientes associados Montepio) e 28 Euros (clientes não associados Montepio); • Cartões Origem: TAN 9,900% (clientes associados Montepio e clientes não associados Montepio); TAEG 11,1% (clientes associados Montepio) e 11,5% (clientes não associados Montepio); Anuidade 8,50 Euros (clientes associados Montepio) e 12,50 Euros (clientes não associados Montepio); • Cartões +Vida: TAN 10,745%; TAEG 13,2%; Anuidade 20 Euros; • Cartões Sentidos: TAN 11,685%; TAEG 15,9%; Anuidade 35 Euros; • Cartões Caçador e Caçador Gold: TAN 10,745%; TAEG 12,1%; Anuidade 10 Euros; • Cartão Business Trade: TAN 10,199%; TAE 15,07%; Anuidade 70 Euros; • Cartão Business Gold: TAN 10,181%; TAE 16,37%; Anuidade 90 Euros;
    TAEG calculada em 1 de janeiro de 2017, para um exemplo de crédito de 2.000 Euros ou de 3.500 Euros (Premier). TAE calculada em 1 de outubro de 2016, para um exemplo de crédito de 2.000 Euros nos Cartões Business Trade e TAE calculada em 1 janeiro de 2017, para um exemplo de crédito de 2.000 Euros nos Cartões Business Gold e para TAN e anuidades referidas e prazo de reembolso de 12 meses. A TAE é calculada nos termos do Decreto-Lei nº 220/94 de 23 de agosto.
    O regime fiscal aplicável aos cartões de crédito é o seguinte: • Cartões de crédito Particulares: Imposto do Selo Artº 17.3.1: 4,00%; Imposto do Selo Artº 17.1: de 0,04% a 0,60%, dependendo do prazo; Imposto do Selo Art. 17.2: de 0,105% a 1,50%, dependendo do prazo (contratos abrangidos pelo Dec. Lei 133/2009). • Cartões de crédito Empresas: Imposto do Selo Artº 17.3.1: 4,00%; Imposto do Selo Artº 17.1.1: 0,04%
    A taxa de juro é calculada com base em 360 dias, com arredondamentos efetuados à 3.ª casa decimal. O valor do P.V.P. será processado como uma transação de compra no extrato do seu cartão de crédito e o pagamento será realizado de acordo com a modalidade pretendida.

    Produtos relacionados

    As nossas sugestões para si

    ImprimirTamanho da letraA-A+

    Solicite o nosso contacto

     

    * Campo de preenchimento obrigatório

    **Os dados recolhidos serão processados informaticamente e destinam-se apenas a ser utilizados pela CEMG e Empresas do Grupo. Se necessário poderá ter acesso à informação pessoal, para a corrigir, aditar ou eliminar, mediante contacto com a CEMG.